Programa Mais estudo abre 52 mil vagas de monitoria

 

Na quarta-feira, dia 11, o governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (SEC), lançou o Edital n° 11/2022, do Programa Mais Estudo, que vai ofertar 52 mil vagas para que estudantes possam dar monitoria em Língua Portuguesa, Matemática e Iniciação Científica aos colegas. A monitoria dá direito a uma bolsa de R$ 100 mensais, durante os seis meses da vigência do programa, para atuação no turno oposto ao qual está matriculado. O Estado destinou recursos próprios na ordem de R$ 31,2 milhões.

Além do apoio ao atpendizado, o objetvo do programa é estimular a participação do estudante no processo educacional; despertar o desejo pela prática docente, por meio de atividades de natureza pedagógica; criar condições para o exercício solidário e parceiro, por meio da interação com os colegas da escola; contribuir com práticas inovadoras de ensino e de aprendizagem, considerando a efetividade do diálogo entre os pares; e favorecer a cooperação entre docentes e estudantes, tendo em vista a melhoria do processo de aprendizagem.

Cadastro

Para participar da seleção para a monitoria é necessário, primeiramente que as unidades escolares interessadas em participar do programa atualizaem os dados de cadastro no Sistema de Gestão do Mais Estudo, acessando aqui.

É a própria escola quem seleciona os alunos para o programa e deve ser realizado entre 16 e 27 de maio.

Para concorrer, o aluno deve estar regularmente matriculado no ano de 2022; possuir cadastro de Pessoal Física (CPF) devidamente regularizado; e ter obtido aproveitamento para a matéria que realizará a monitoria, com média igual ou superior a oito, no ano anterior. Nas unidades escolares em que não haja alunos com nota média igual ou maior que 8,0 em número suficiente ao preenchimento das vagas disponibilizadas serão considerados elegíveis aqueles com nota média igual ou maior que 7,0.

Acompanhamento

O projeto também terá acompanhamento de professores supervisores, que validarão mensalmente os relatórios enviados pelos monitores no Sistema do Programa Mais Estudo, a partir do acompanhamento mensal. Uma das novidades do programa para este ano é que o monitor poderá participar da ação experimental 'Sua falta, faz falta!'. A iniciativa é voltada para o engajamento dos monitores no enfrentamento das ausências dos colegas monitorados.


Com informação da Ascom Gov BA Foto: Divulgação

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Entrega de documentação do Partiu Estágio finaliza dia 25 de maio

Professores poderão concorrer à Pós-Graduação gratuita em Porto Seguro

Câmara tem Sessão Especial com debate e lançamento de livros

Curso de Turismo Ecológico é lançado pelo Ministério do Meio Ambiente

Enem tem inscrição a partir desta terça-feira, dia 10

 

Entrega de documentação do Partiu Estágio finaliza dia 25 de maio

 

Desde a quinta-feira, dia 12 de maio, o Partiu Estágio está convocando os 1.312 estudantes da segunda convocação do programa para que entreguem a documentação nas unidades de recursos humanos do órgão onde irão atuar. A relação dos documentos exigidos e outras informações podem ser verificadas no Edital 001/2022, publicado no site da Secretaria da Administração (Saeb), acessando aqui.

Ao todo, o programa alcançou o total de 4.570 estudantes convocados em 2022, sendo 3.258 da primeira chamada e 1.312 de agora. O Governo da Bahia lançou o edital do programa, em fevereiro ofertando vagas para universitários, com bolsa auxílio de R$ 455,00, para estudantes de 147 cursos de nível superior, distribuídas em 59 órgãos estaduais, localizados em 220 municípios baianos.

Notificação 

Os estudantes aprovados receberam notificações vua e-mail, SMS e contato telefônico, constando informações necessárias para a apresentação da documentação como local, data e horário, além da lista de documentos exigidos em edital. No entanto, orientações complementares devem ainda ser pedidas nos órgãos para a entrega dos documentos.  

As vagas do programa são prioritárias para estudantes inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e para aqueles que tenham estudado todo o ensino médio em escola pública, ou cursado com bolsa integral na rede privada. O programa reserva 10% das vagas do para pessoas com deficiência, conforme Lei federal nº 11.788/2008.    

O estágio possui duração de um ano, sem possibilidade de prorrogação, exceto para pessoas com deficiência, que poderão estagiar até o fim do seu curso. Além da bolsa-estágio, os universitários terão direito a auxílio-transporte e 30 dias de recesso remunerado.


 Com informações da Ascom Gov BA Foto: Divulgação

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Professores poderão concorrer à Pós-Graduação gratuita em Porto Seguro

Curso de Turismo Ecológico é lançado pelo Ministério do Meio Ambiente

Enem tem inscrição a partir desta terça-feira, dia 10

Uesc regulamenta documento sobre assédio e discriminação

Veracel anuncia vaga de trabalho

 

Enem tem inscrição a partir desta terça-feira, dia 10

A partir desta terça-feira, dia 10 de maio, estão abertas as inscrições para a versão impressa e digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022. A inscrição é feita pela na pagina do INEP, acessando aqui.

O valor da taxa de inscrição para o Enem 2022 é de R$ 85. É o quarto ano consecutivo sem reajuste no valor. O período para efetuar o pagamento encerra em 27 de maio. Pela primeira vez, a taxa de inscrição poderá ser paga por meio de Pix e cartão de crédito, além de boleto bancário, que pode ser gerado no site e pago nas diversas instituições bancárias, inclusive aplicativos bancários, casas lotéricas e agências dos Correios. As provas acontecem em dois dias: 13 e 20 de novembro.

Outra novidade é a inclusão dos documentos digitais e-Título, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) Digital e RG Digital para identificação do participante no dia da aplicação do exame, desde que apresentados nos respectivos aplicativos oficiais. Capturas de telas não serão aceitas.

Exame

As notas do exame podem ser usadas para concorrer a vagas em instituições federais de ensino superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e em instituições privadas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

Elas também são aceitas em mais de 50 instituições de educação superior portuguesas. Os participantes do Enem ainda podem pleitear financiamento estudantil por meio do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

O resultado das solicitações de isenção da taxa de inscrição para o Enem 2022 e das justificativas de ausência na edição anterior já estão disponíveis no site. É necessário ficar atento, pois a aprovação dos pedidos de isenção não garante a inscrição no exame. Os interessados em realizar o Enem 2022, isentos ou não, deverão fazer a inscrição na Página do Participante.

Para solicitar atendimento especializado também é realizado por meio da Página do Participante entre 10 e 21 de maio e o resultado dos pedidos será publicado no dia 7 de junho, mesma data em que se inicia o prazo para a apresentação de recurso, que segue até 12 de junho. O resultado do recurso será divulgado em 22 de junho.

Digital

Ainda serão disponibilizadas 101.100 inscrições para os primeiros participantes que optarem pela edição digital. Após concluir a inscrição, o candidato não poderá alterar a opção. O participante deverá comparecer ao local de prova determinado pelo Inep e não será possível fazer a prova em computador particular.

Participantes

Podem participar do Enem, todos os concluintes ou que estão concluindo este ano o Ensino Médio. Há também a possibilidade de participar como treineiros (aqueles que ainda não terminaram a etapa. Neste caso, os resultados no exame servem somente para autoavaliação de conhecimentos.

Além dos recursos de acessibilidade, o Inep ainda garante atendimento especializado e tratamento pelo nome social. Há também uma aplicação para pessoas privadas de liberdade.

Prova

A prova consiste em 180 questões objetivas em quatro áreas de conhecimento: linguagens, códigos e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; e matemática e suas tecnologias, além da redação dissertativo-argumentativa a partir de uma situação-problema.

O exame tem 5h30 de duração e a abertura dos portões dos locais de provas ocorre às 12h, e o fechamento às 13h, de acordo com o horário de Brasília.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep, até o terceiro dia útil após o último dia de aplicação.


 Foto: Divulgação  

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Curso de Turismo Ecológico é lançado pelo Ministério do Meio Ambiente

Fake News: Eleições já movimentam mensagens falsas

Forró dos 40 volta com tudo em junho

São João se Encontra com o Pedrão é lançado em Eunápolis

Há vagas: WAM contrata em Porto Seguro

Professores poderão concorrer à Pós-Graduação gratuita em Porto Seguro

A partir de agora, os professores da Rede Municipal de Ensino terão a oportunidade inédita de ter acesso gratuito a cursos de pós-graduação e graduação. A Prefeitura de Porto Seguro, por meio da Secretaria Municipal de Educação, acaba de celebrar um convênio com a Uneb (Universidade do Estado da Bahia). Serão 180 vagas, nas áreas de Educação Especial Inclusiva, Educação de Jovens e Adultos e Educação Escolar Indígena. De acordo com a coordenadora do Núcleo de Formação Continuada da Secretaria de Educação, Luzia Batista, as aulas serão ministradas sem prejudicar a presença do professor em sala de aula.

 “Esta é uma grande oportunidade para os professores que não possuem especialização ou para aqueles que desejam se aprimorar. O professor deve ser um eterno pesquisador, porque somos formadores de pensamentos de seres humanos, e estes precisam atuar de forma crítica e consciente na sociedade. Quando o educador pesquisa e leva temáticas novas para a sala de aula, ele está inserindo o aluno na sociedade como ser pensante”, ressaltou.

Incrições

As inscrições para o processo seletivo acontecem de 20/05 a 17/06, para educadores que já concluíram uma graduação e poderão ser feitas através do site, acessando aqui. www.pgdeb.uneb.br.

A secretária de Educação, Dilza Reis, lembra que o curso é totalmente gratuito para os professores, com toda a logística e os custos subsidiados pela Prefeitura. “Através dessa formação, estaremos criando mais ferramentas para potencializar o ensino em sala de aula, contribuindo inclusive para melhorar os índices do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)”. Dilza ressalta a importância de interagir e aproveitar, através de convênios, o potencial das diversas universidades existentes na região. “Tudo acaba convergindo para o nosso principal objetivo, que é o aprendizado e o melhor desempenho de nossos alunos em sala de aula”, finaliza.


 Com informações de Ascom Porto Seguro Foto: Divulgação  

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Câmara tem Sessão Especial com debate e lançamento de livros

Curso de Turismo Ecológico é lançado pelo Ministério do Meio Ambiente

Enem tem inscrição a partir desta terça-feira, dia 10

Senac promove cursos para Jovem Aprendiz

Uesc regulamenta documento sobre assédio e discriminação

Curso de Turismo Ecológico é lançado pelo Ministério do Meio Ambiente

O Dia Nacional do Turismo foi celebrado neste domingo, 8. E, para comemorar, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) abriu inscrições para três cursos sobre turismo ecológico: Elaboração de Trilhas Interpretativas, Turismo de Base Comunitária e Noções Básicas de Condução Ambiental no Ecoturismo.

Os cursos são gratuitos, abertos ao público e ministrados de forma online pela plataforma Educa+ e as inscrições poderão ser realizadas até dia 20 de maio no portal da MMA, acessando aqui. Ao todo 2 mil vagas de cada curso serão ofertadas. 

Cursos

O curso Elaboração de Trilhas Interpretativas, tem o objetivo de orientar profissionais do turismo sobre elaboração de estratégias de educação ambiental em trilhas ecológicas. Por meio de recursos teóricos e práticos, o curso orienta sobre como integrar o público ao meio ambiente nas trilhas.

Já o Turismo de Base Comunitária, tem como intuito incentivar o desenvolvimento de atividades turísticas sustentáveis por comunidades locais, fomentando o ecoturismo e a educação ambiental em todo o País. A iniciativa promove a conscientização ambiental, contribuindo para a conservação do meio ambiente e valorização do patrimônio natural, integrando habitantes locais e incentivando o empreendedorismo na região e a economia local.

O Noções Básicas de Condução Ambiental no Ecoturismo, busca introduzir e aprofundar o conhecimento de guias turísticos e condutores de visitantes que trabalham no setor do ecoturismo. O objetivo do curso é incentivar o desenvolvimento de atividades turísticas sustentáveis por comunidades locais, fomentando o ecoturismo e a educação ambiental.


 Foto: Divulgação  

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Câmara tem Sessão Especial com debate e lançamento de livros

Fake News: Eleições já movimentam mensagens falsas

Dilmo Santiago é o novo presidente da Câmara Municipal

Maio Amarelo promove ações educativas e de conscientização no trânsito

Nota Premiada Bahia sorteia R$ 1 milhão no mês das mães