Festival Música em Trancoso é adiado mais uma vez

 

A medida visa à realização do evento somente com total segurança, afirmam os organizadores

O Festival Música em Trancoso, realizado pelo Mozarteum Brasileiro, foi adiado mais uma vez. O evento estava previsto para ser realizado de 6 a 13 de março de 2021, com a programação que seria apresentada em 2020, e que, devido à suspensão de todas as atividades culturais que envolviam público, por causa da pandemia de Covid-19, foi adiada. “Diante dos cuidados que a pandemia ainda exige, nos vemos na obrigação de postergar esta edição para março de 2022 – ou algum momento que nos permita realizar o evento com total segurança, para que todos possam aproveitar o evento em atmosfera de alegria”, diz o comunicado emitido pela organização do MET.

Em 2020, a suspensão ocorreu na antevéspera do festival, dia 14/03, quando estava sendo preparada a programação da 9ª edição do evento, que até então ocorria anualmente, desde 2012. Com programação diária, o MET acontece durante oito dias seguidos, trazendo a Trancoso, distrito de Porto Seguro,espetáculos com diferentes gêneros, do clássico a composições de todas as épocas e um mix de bossa nova, tango e jazz, e quase 300 artistas nacionais e internacionais da música, orquestras, conjuntos e solistas consagrados. Além dos espetáculos no Teatro L’Occitane, em paralelo, há uma intensa programação gratuita de concertos ao ar livre, masterclasses para jovens músicos brasileiros, ministradas por renomados mestres, e aulas de iniciação musical em escolas públicas.

O MET acontece tradicionalmente entre o Carnaval e a Páscoa, como forma de criar alternativas de movimentação econômica para a região, além das temporadas tradicionais. Há toda uma movimentação no entorno do evento. “Para que os concertos cheguem prontos e perfeitos ao palco, há muita preparação e coordenação entre pessoas de lugares muitas vezes distantes e de condições diversas.  Exige um planejamento minucioso, com grande antecipação: definição de programas artísticos, escolha e contratação de artistas, logística de viagens, hospedagens, alimentação, transportes locais, instalações técnicas, planejamento de ensaios e, finalmente, o financiamento de tudo”, afirma Sabine Lovatelli, fundadora e presidente do Mozarteum Brasileiro, que completa 40 anos, e idealizadorada programação anual do MET.

Devolução de ingressos

Com relação aos ingressos adquiridos para o evento de 2020, alguns espectadores optaram por receber o reembolso e outra parte do público preferiu deixar como crédito para o festival de 2021. A venda de ingressos deverá ser reaberta.“O nosso desejo é preservar o Música em Trancoso nas suas melhores condições, para garantir uma vida longa para este evento. Manteremos todos informados, acreditando que, logo, poderemos celebrar mais um festival Música em Trancoso”, explica a fundadora.

Vídeos-aulas gratuitas

O Mozarteum Brasileiro lançou vídeo-aulas gratuitas de canto e de instrumentos musicais. É o Mozarteum Escola. Com a iniciativa, a instituição espera expandir fronteiras de aprendizado e conhecimento ao oferecer aulas online e que permanecerão no website do Mozarteum Brasileiro para formar, com o tempo, um acervo completo, aberto para consultas, pesquisas e estudos.

As vídeo-aulas são ministradas por professores de renome e são conteúdos de diferentes níveis, acessíveis para o público iniciante e avançado. “A proposta é abrir o mundo da música para todos”, afirma Sabine Lovatelli, que também é idealizadora do Mozarteum Escola. Todos os naipes de instrumentos estão em foco, assim como aulas de canto com grandes mestres. É possível aprender desde o manuseio de instrumentos até participar de cursos mais especializados, já voltados, inclusive, para o ensino de repertórios. A escola online pode ser acessada no link endereço https://mozarteum.org.br/mozarteum-escola/. E tem aulas de canto lírico, violino, violoncelo, flauta, regência e percussão.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar