Academia de dança traz espetáculo que retrata desafios vividos em 2020

A pandemia do novo coronavírus mexeu muito nas emoções e no comportamento das pessoas. E a Academia de Dança Dionée Alencar, de Porto Seguro, encontrou uma forma artística de trazer essas emoções à tona. Ou melhor, ao palco. Com o espetáculo “SER - o corpo casulo”, vai mostrar em apresentação on line, no dia 17/12/20, a partir das 19h, muito do que todos vivenciamos e aprendemos neste período.

O espetáculo retrata as dificuldades e as descobertas do ano de 2020. “A pandemia, tudo o que a gente viveu, sofreu e aprendeu nesse ano que não foi fácil. Todos os nossos medos, as angústias, as depressões, ansiedades. A gente conta um pouquinho disso tudo. O resultado está muito lindo”, garante Dionée. Segundo a bailarina e diretora do espetáculo, o convite partiu do colega coreógrafo Marcus Vinícius, que participou do festival da academia no ano passado. “Ele gostou muito de mim, da escola, das meninas. E agora no fim do ano ele disse: “Dionée, você não pode terminar o ano sem nada. O ano já foi tão difícil, a gente não teve momentos de prazer, pouquíssimos. E a gente pode fazer uma coisa bem legal com essas meninas”.

Dionée, que é mãe do ex-candidato a prefeito de Porto Seguro Uldurico Júnior, estava em campanha eleitoral. “Passou a eleição, e eu topei”, diz. Depois de uma resposta aparentemente tão simples, eles montaram o espetáculo e começaram os ensaios. “Um desafio super novo. E não só para mim, como para o Marcus, para as bailarinas, e para todo mundo que está participando, até o cara que vai montar o palco. Porque tudo é muito novo. A gente está bem ansioso porque é a primeira vez. E tudo pela primeira vez dá essa ansiedade”.

Para ela, a pandemia trouxe uma mudança capaz de deixar um legado de grande aprendizado. “A gente aprendeu, e eu sinto, nas minhas alunas nas professoras, em todo mundo que está trabalhando nesse espetáculo, que o outro ficou mais importante. O respeito ao outro. A gente usa máscara, usa álcool em gel, aprendeu a se expressar com o olhar, a conversar com o outro pelo olhar e a gente vai em cena com o olhar”. Para Dionée, as marcas deixadas por 2020 ficarão para as gerações vindouras. “Eu não acredito que passe batido, que a gente viva só esse momento e depois esqueça. Eu acho que ficou. O que a gente aprende, a gente não esquece.”

Quem quiser conferir, poderá assistir ao espetáculo pelo YouTube. As instruções de acesso serão fornecidas pela organização próximo ao início do evento. O apoio à cultura local e a continuidade dos projetos artísticos de Porto Seguro podem ser feitos com a aquisição do ingresso, no valor de R$ 25,00. Eles estão disponíveis no Sympla, no link https://www.sympla.com.br/ballet-dionee-alencar-apresenta-o-espetaculo-ser---o-corpo-casulo__1065996. Informações no Instagram: @balletdioneealencar ou pelo telefone (61) 99841-3779.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar