Hipertensão: como controlar com boa alimentação

Maria Luiza dos S. Cardoso

A alimentação baseada em bons princípios alimentares, além de promover a saúde e proteger contra vários tipos de doenças como obesidade, diabetes, altas taxas de colesterol e doenças infecciosas contribui também para diminuir o risco de hipertensão arterial e também favorecer o controle desta doença. A hipertensão arterial está na lista como um dos males crônicos que mais causam mortes atualmente na população adulta.

Elaborar refeições saudáveis diariamente tendo como base os alimentos in naturas como frutas, legumes, verduras, carnes magras e leguminosas, funciona como tratamento infalível para estabilizar a pressão em níveis aceitáveis de saúde. Dentre os alimentos que devem ser evitados os alimentos processados e industrializados devem ser evitados principalmente os ricos em sódio e de sal de cozinha.

 Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo adequado de sódio para um indivíduo saudável é de cerca de 2.400 mg ao dia, valor que equivale a 5 g/dia de sal de cozinha. No entanto, segundo a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF), 2008-2009, o consumo médio diário de sal do brasileiro é de 11,4 g, ou seja, mais que o dobro da recomendação.

Para diminuir a quantidade de sal no preparo das refeições e manter o sabor dos alimentos opte por temperos caseiros como a mistura do sal com alho. O alho oferece proteção cardiovascular decorrente de suas propriedades antioxidantes e confere um sabor especial as preparações.As ervas aromáticas como coentro, salsa, alecrim, manjericão, orégano e tomilho podem ser usados para realçar o sabor dos alimentos e diminuir a quantidade de sal.

Além de diminuir a quantidade de sal nas refeições, as frutas oleaginosas, como nozes, castanhas, amendoim, amêndoas e pistache contêm baixo teor de sódio e quantidades significativas de substâncias que podem auxiliar na redução da pressão como gorduras monoinsaturadas, magnésio, potássio, cálcio e substâncias antioxidantes como os polifenóis e o selênio. As frutas frescas também são bem-vindas por serem ricas em várias vitaminas, fibras, minerais e substâncias antioxidantes.  

Para finalizar segue uma receita de sal de ervas:

Sal de ervas com menos sódio / Indicada para dieta hipossódica/pouco sal.

Ingredientes:

- 1 colher de sopa de alecrim
- 1 colher de sopa de salsinha seca
- 1 colher de sopa de manjericão
- 1 colher de sopa de orégano
- 1/2 xícara de sal do Himalaia ou light (possui menor teor de sódio e mais potássio).

Modo de preparo:

Adicione todos os ingredientes no liquidificador ou mixer e bata até que fiquem misturados e mais finos. Conserve em um recipiente de vidro tampado.

Saúde a todos!


  Maria Luiza dos S. Cardoso é nutricionista - Especialista em obesidade e emagrecimento

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Como se alimentar em dias de frio

Reeducação alimentar

Atividade física, boa alimentação e emagrecimento

Alimentação e pandemia

Metas para um novo ano

© 2021 Jornal do Sol - Informação com Credibilidade