Estudo comprova ligação entre felicidade e bem-estar

Em uma análise de mais de 160 artigos científicos, um estudo publicado na revista científica Applied Psychology: Health and Well-Being detectou provas claras e convincentes da ligação entre felicidade e estado de saúde das pessoas. 

De acordo com o autor principal da tese, o professor emérito de psicologia da Universidade de Illinois Ed Diener, foram realizadas análises em estudos de longo prazo dos seres humanos, testes experimentais em humanos e animais e estudos que avaliam o estado de saúde de pessoas estressadas por eventos naturais e a conclusão geral é que o estar feliz com a vida, não estressado e não deprimido – contribui para a longevidade e melhora a saúde em populações saudáveis. 

“A maioria dos estudos a longo prazo mostrou que a ansiedade, depressão, falta de prazer das atividades diárias e pessimismo são associados com taxas mais elevadas de doença e uma vida mais curta. Além disso, experimentos de laboratório em humanos descobriram que o bom humor reduziu os hormônios relacionados ao estresse, aumenta a função imunológica”, explica.  

Hormônios

Mas qual a fórmula da felicidade? Biologicamente é a junção de quatro hormônios: endorfina, dopamina, serotonina e ocitocina, que são responsáveis por estimular sensações de felicidade, bem-estar, alegria e disposição.

A questão é onde encontra-las. Simples! Em atividades que estimulam a produção desses hormônios, como, por exemplo, a massagem relaxante. A terapeuta holística Grazi Souza informa que além de liberar estas substâncias, a massagem tem o poder de influenciar o lado psicológico das pessoas desencadeando assim a saúde do corpo.

“A massagem ainda regula o funcionamento intestinal e o humor, auxilia na qualidade óssea e do sono. Ainda pode reduzir o estresse, a dor e a tensão muscular. Sem falar na diminuição da ansiedade, desordens digestivas, fibromialgia, dores de cabeça, insônia relacionada ao estresse, síndrome de dor miofascial, distúrbios ou lesões de tecidos moles, lesões esportivas e dor nas articulações temporomandibulares”, explica.

Grazi reforça que principalmente neste momento em que estamos voltando à normalidade pós-pandemia, é importante ter um acompanhamento massoterapêutico. “Muita gente ainda sente as dores e o peso da pandemia, e para voltar ao ‘normal’ e encontrar a felicidade, a massagem é a opção mais natural, gostosa e barata”, finaliza.


Débora do Carmo - Assessoria de Imprensa Grazi Souza Terapeuta Holística (Foto: Reprodução)

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Primeiro Press Trip de 2021 é realizado em Porto Seguro

Baiano cria programa para diagnóstico de Covid-19 pela câmera do celular

Setembro Verde: prevenção do câncer de intestino é o melhor tratamento

Porto Seguro pode receber eventos para até 500 pessoas

Vacinação antirrábica em Porto Seguro segue até 25/09

© 2021 Jornal do Sol - Informação com Credibilidade