Atividade física, boa alimentação e emagrecimento

A maioria das pessoas que quer emagrecer ou manter o peso de forma saudável sabe que a atividade física é fundamental neste processo. Quem faz apenas a dieta e não os exercícios, pode até perder peso, mas perderá também massa muscular, o que não é indicado. O ideal é ganhar massa magra, pois quanto maior o volume muscular, mais calorias se queima e menor é o % de gordura corporal.

Para que o metabolismo responda de maneira satisfatória, uma dieta balanceada é fundamental. Uma alimentação errada pode prejudicar na hora da atividade física fazendo com que o rendimento seja menor. Geralmente a maior dúvida é em relação às quantidades de carboidratos e proteínas que devem ser ingeridos. Às vezes as pessoas exageram na quantidade desses nutrientes pensando ser o melhor. Porém, o ideal é que se tenha uma alimentação que contenha carboidratos, proteínas, lipídeos, vitaminas e sais minerais na quantidade adequada.

Para melhor entendimento seguem os alimentos que não podem faltar em uma dieta que tem como objetivo promover a saúde através da alimentação e da atividade física:

Carnes – pertencem ao grupo das proteínas que são muito importantes na construção e reparação dos músculos. Outras fontes de proteínas são aves, peixes, ovos, leite e derivados, soja e feijão.

Arroz – pertence ao grupo dos carboidratos que são os nutrientes que fornecem energia e disposição para desenvolver as atividades diárias e, principalmente, as atividades físicas; participam ativamente na recuperação do corpo após os exercícios. Outras fontes de carboidratos são o macarrão, o pão, a batata, a mandioca, entre outros. Sempre que possível, prefira a versões integrais.

Azeite – pertence ao grupo dos lipídios (gorduras) devem ser consumidos com moderação e não podem ser excluídos da alimentação, pois colaboram para o metabolismo de algumas vitaminas, com o fornecimento de energia para o exercício e recuperação do corpo. Prefira as fontes de gordura vegetal e peixes.

Morango - fonte de vitamina C, atua na melhora do sistema imunológico e auxilia na redução de gordura. Além disso, é um poderoso antioxidante. Outros alimentos fonte de vitamina C são: laranja, acerola, caju, couve.

Gérmen de trigo - uma das principais fontes de vitamina E, que além de poderoso antioxidante, também favorece o metabolismo muscular. Os óleos vegetais também são excelentes fontes da vitamina.

Castanha do Pará - ela é fonte também de um excelente antioxidante, o selênio, que além de antioxidante, é importante para o bom funcionamento da tireoide, que é responsável por "regular" o metabolismo. Peixes e frutos do mar são também fontes de selênio.

De maneira geral, uma dieta rica em verduras, legumes, frutas, e equilibrada em carboidratos, proteínas e lipídios, vai garantir energia e ajudar a conquistar os resultados almejados.

Consultar um nutricionista, fazer uma avaliação que inclua teste ergométrico e ter um acompanhamento com um profissional de educação física faz com que os resultados apareçam com mais segurança.

Saúde a todos!


Maria Luiza dos S. Cardoso é nutricionista especialista em obesidade e emagrecimento


Publicado na edição 429 do Jornal do Sol 


MATÉRIAS RELACIONADAS

Alimentação e pandemia

Metas para um novo ano

Alimentos para elevar a autoestima

Alergias e intolerâncias alimentares (glúten)

Chegou a época de pensar no verão

© 2022 Jornal do Sol - Informação com Credibilidade