Festival de Cinema de Trancoso chega à 4ª edição

Entre os dias 16 e 20 de novembro será realizado o Festival Internacional de Cinema de Trancoso, que chega a sua 4ª edição. Com o tema Revolução do Afeto, o evento é um dos principais festivais da atualidade e traz como premissa a exibição e debate acerca das películas apresentadas.

Além disso, a atração é destinada a todas as idades e também tem sua parcela social: como em todos os anos, ocorrerão entre os dias 1º a 10 de setembro, as Oficinas de Cinema - gratuitas e com inscrições realizadas através do site do Festival.

A carga horária de 18 horas e será patrocinada pela Farmácia Indiana. O conceito envolve apresentar um clássico do cinema mundial e as 17 ODS _ Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU _ Organização das Nações Unidas e produzir, junto com os alunos, um filme de curta metragem que será uma releitura moderna inspirada neste clássico, e abordando uma das ODS. O filme será apresentado na Cerimônia da Abertura em 16 de novembro.

Novidade

A novidade para este ano é o Circuito Gastronômico, que terá os restaurantes da vila como protagonistas e criando pratos inspirados em um personagem, diretor ou filme, agregando ainda mais na programação do Festival.

Seguindo o conceito do ano passado, além das apresentações presenciais, o festival também terá transmissão online e seuirá os protocolos sanitários vigentes.

Já para os cineastas que quiserem inscrever seus curtas metragens terão a oportunidade de fazê-lo de 15 a 30 de setembro. No entanto, os filmes serão selecionados de acordo com o tema do ano.

Para saber mais sobre o Festival acompanhe a programação por meios das redes sociais @festivaldecinemadetrancoso.


Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Governo prorroga até 10/09 proibição de shows e festas na Bahia

Novo edital da SecultBA utiliza recursos remanescentes da Lei Aldir Blanc

Brasil Ride confirma etapa do Arraial d´Ajuda para novembro

Academia Dionée Alencar é premiada em festival nacional

Porto Seguro inspira o talento e a obra do artista mineiro Xanxão

© 2021 Jornal do Sol - Informação com Credibilidade