Inscrições para Prêmio de Fotografia Pierre Verger vão até 23/07

A 8ª edição do Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger está com as inscrições abertas até 23 de julho. O objetivo do concurso é incentivar, divulgar e valorizar a produção fotográfica brasileira. Este ano serão premiados quatro ensaios fotográficos de fotógrafos e fotógrafas residentes no Brasil e que tenham idade acima de 18 anos.

As inscrições são gratuitas no site da Funceb e cada participante poderá concorrer apenas em uma das categorias disponíveis. A iniciativa é da Fundação Cultural do Estado (Funceb), vinculada à Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBa).

 “Mesmo em tempos difíceis, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia vem trabalhando para assegurar os recursos e a continuidade dos projetos. E, assim, contemplar o máximo possível de trabalhadores e trabalhadoras da Cultura”, disse a secretária de Cultura do Estado, Arany Santana.

As fotografias devem estar de acordo com uma das três categorias:

- Ancestralidade e Representação: serão apreciados os projetos que abordam a etnofotografia enquanto possibilidade de registro e interpretação dos aspectos relacionais, familiares, sociais, e dentre outros;

- Questões Históricas: serão apreciados os ensaios fotográficos que dialoguem com o momento histórico contemporâneo, considerando a realidade pandêmica e suas consequências;

- Livre Temática e Técnica: premiará ensaios fotográficos documentais que registram de forma livre no que se refere a sua temática e técnica utilizada e que tragam aspectos despercebidos na observação do cotidiano.

A diretora-geral da Funceb, Renata Dias, destacou que “é motivo de celebração a realização desse prêmio pela oitava vez. Nesta edição, vamos premiar três fotógrafos ou fotógrafas de todo o Brasil com prêmio de até R$ 30 mil. Fica o nosso convite para que os profissionais de todo o país participem”.

Premiação

Três participantes receberão um prêmio no valor de R$ 30 mil. Um quarto participante com a prerrogativa de ser baiano, ou estrangeiro residente legalmente por mais de dois anos na Bahia, será premiado com uma residência artística em parceria com o Instituto Sacatar, além do valor de R$ 10 mil. Os ensaios fotográficos devem ser inéditos (já podem ter sido expostos), porém não podem ter sido premiados no Brasil ou no exterior.

Exposição

Já para a exposição coletiva (física e virtual) e do catálogo do 8º Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger serão selecionados 15 ensaios fotográficos, sendo quatro oriundos das premiações e os demais (11) indicados pela comissão de seleção. Cada um desses 11 selecionados receberá uma ajuda de custo de R$ 2.500.

O público poderá, por meio de consulta pública, indicar profissionais de reconhecida atuação na área da Fotografia para compor a Comissão de Seleção do Prêmio. Formada por cinco integrantes, sendo três da Bahia e dois de outros estados brasileiros, a Comissão será nomeada pela diretora-geral da Funceb após análise.

A exposição física ocorrerá no Palacete das Artes de 4 de novembro de 2021 (nascimento de Pierre Verger) a 30 de janeiro de 2022. Aberta para visitação pública, com entrada gratuita, a exposição estará sujeita aos protocolos sanitários decorrentes da pandemia. A expo virtual também ficará disponível no site da Funceb (www.fundacaocultural.ba.gov.br), no mesmo período.

Nesta 8ª edição, será lançada a Coleção Prêmio Nacional de Fotografia Pierre Verger, composta por doações de fotografias por parte dos selecionados para o acervo da Funceb. Os premiados também receberão bolsas de estudo nos cursos de francês oferecidos pela Aliança Francesa Salvador - Bahia, como resultado de parceria entre a Funceb e a instituição.


Texto: Secretaria de Comunicação Social do Governo da Bahia - Foto: Pierre Verger (site Secult-Ba)

Siga o Jornal do Sol no Instagram

LEIA TAMBÉM:

Decolar aponta os 15 destinos mais desejados para julho

Festival “Raízes de Porto Seguro” divulga pratos participantes

Retomada: Carnaporto 2022 define primeiras atrações

Escritor e professor da UFSB lança obra no Brasil e na África

A alma feminina pelas lentes de um jovem fotógrafo de Santo André

© 2021 Jornal do Sol - Informação com Credibilidade