Festival virtual de música abre espaço para artistas do interior baiano

Em sua nova edição virtual, projeto centrado na música autoral brasileira seleciona

quatro representantes de outros territórios baianos para além da capital

 

Criado em 2018 como um ambiente de promoção da música autoral contemporânea brasileira, o projeto “Toca!” terá continuidade, em 2021, com a realização, no mês de abril, de um festival virtual que vai reunir 12 atrações, bate-papos com os artistas e uma série de podcasts sobre produção cultural no campo da música. Para a curadoria da grade desta nova edição digital, está aberta uma convocatória que selecionará quatro representantes da cena musical produzida no interior da Bahia. Interessados devem se inscrever até dia 08/02/21, no link http://tinyurl.com/toca-convoca.

No ano passado, diante do contexto da pandemia da Covid-19, que inviabilizou a realização de eventos presenciais, o “Toca!” se reinventou e lançou, no último mês de dezembro, o “TOCA! na Mão”: do Pátio do Goethe-Institut Salvador, que abrigou o projeto e onde 19 edições com shows de artistas da Bahia e do Brasil foram realizadas em dois anos, ele se moveu ao Teatro do instituto e assumiu formato audiovisual. Compondo-se como uma espécie de videocast, quatro episódios, com Livia Nery, Manuela Rodrigues, Rachel Reis e Giovani Cidreira, misturam show com entrevista num produto feito para ser fruído em vídeo, montado, gravado e editado com rigor artístico. Os materiais, no ar no canal de YouTube (www.youtube.com/tocasalvador), já somam mais de 2,8 mil visualizações.

Será este o formato das apresentações do evento nesta nova versão, oportunizando que o propósito do “Toca!” se mantenha: propiciar o encontro entre a nova música autoral do Brasil e seus públicos, fazendo circular o cenário musical independente, como uma plataforma contínua de desenvolvimento da música na Bahia. Numa via de mão dupla, ganham as plateias, com a oferta de conteúdo artístico qualificado, em que poderão descobrir ou redescobrir expoentes do cenário atual; e ganham os artistas, que poderão exibir suas criações e expor suas motivações, inspirações e aspirações artísticas e de construção de mundo.

Para concorrer a uma vaga na programação, o artista deve ter trabalho autoral, ser residente em municípios do interior da Bahia e ser maior de 18 anos. Os quatro selecionados terão viagem custeada para a capital, onde gravarão seus episódios no Teatro do Goethe-Institut, e receberão um cachê de R$ 3 mil.

Realizada pela Dimenti Produções Culturais, esta edição do “Toca!” tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Fonte: Ascom Toca! - Fotos: Giovani Cidreira e Livia Nery, por Patricia Almeida

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar