Fundo$ partidários

O presidente Jair Bolsonaro e os líderes dos partidos do Centrão, sua maior base governista no Congresso, estão nervosos com a ingerência - ainda - do PT e parte do MDB nos conselhos dos principais fundos de previdência do País onde o Governo tem assentos. Fato é que, desde que Lula da Silva tomou posse, o PT investiu pesado na formação de nomes ligados a sindicatos nos conselhos deliberativos da PREVI, Funcef, PETROS, Postalis e alinhados com o partido para manutenção da hegemonia do grupo político na decisão de investimentos bilionários. A despeito da rigidez do compliance nas gestões e das tentativas de blindagens contra ingerências políticas.

Mas...

... Tão cobiçados pelo presidente e pelo Centrão, estes cargos têm mandatos e processos de escolha que amarraram os adversários da esquerda às poltronas.

Caixa livre

Apenas PREVI (BB), Funcef (Caixa) e PETROS (Petrobras) controlam, juntos, mais de R$ 500 bilhões em ativos para administrar em aplicações e investir.

 

Cadê ele?

Solto da Lava Jato por liminar do ministro Dias Toffoli, do STF, José Dirceu está na muda, mas ativo, muito ativo, nas rodas de conversas do eixo Brasília-São Paulo.

 

Projeto Bia

Acredite, leitor. Há uma articulação de parte da tropa bolsonarista – ela vai jurar que não quer – para fazer da advogada e deputada Bia Kicis (PSL-DF), hoje presidente da Comissão de Constituição e Justiça, a futura ministra do Superior Tribunal de Justiça.

Cenário

Pela Lei, o presidente Jair Bolsonaro pode indicar um nome proveniente de lista elaborada pela OAB – de onde pode surgir a articulação de Bia Kicis. Os outros dois terços são nomes escolhidos egressos de listas indicadas  por Tribunas de Justiça dos Estados e Tribunais Regionais Federais.

 

Novo guarda-roupa

Sensação na eleição municipal paulistana, um quase-bolsonarista, o vereador Fernando Holiday, ex-militante do MBL, abandonou a camisa e vai vestir a do partido NOVO.

 

No divã

A psicóloga Marisa Lobo, presidente do Avante do Paraná, articula sua filiação ao PTB. Ela é conhecida pelas polêmicas com o movimento LGBT e a “cura-gay”.

 

Herdeiro

O vereador Aleluia, de Salvador, filho do ex-cacique do DEM em Brasília José Carlos Aleluia,  acaba de trocar o DEM, adversário do Governo federal, pelo bolsonarista PTB

 

Ey, Ey, Ey... Salles

O eterno presidenciável Ey, Ey, Eymael, do Democracia Cristã, voltou a aparecer no cenário. Já avalizou a candidatura do professor Lucas Salles ao Governo do DF.

 

Mais Cabral

Mais sobre a situação delicada em que se meteu o ex-governador Sérgio Cabral com a delação na PF derrubada pelo STF: Ele é o único preso da Lava Jato hoje – está na preventiva há mais de 5 anos – não sabe mais o que contar, nem a quem. Tem duas condenações em 2ª instância e uma em 1ª instância.

 

Pé na estrada

O empresário Camilo Cola, 97 anos, que faleceu no sábado, foi um pioneiro à frente do seu tempo. Ex-combatente da Segunda Guerra (estava no front da tomada de Monte Castelo) criou um império sobre rodas e a maior viação de ônibus do Brasil, a Itapemirim – hoje nas mãos de outro controlador. Eleito deputado federal, sonhava ser senador. Chegou a adaptar um ônibus para rodar em campanha o Espírito Santo, sua terra natal. Mas não conseguiu se eleger.

 

ESPLANADEIRA

# Levantamento da OLX revela que no mês das noivas (maio) vestido usado pode ser até 28% mais barato. # Plataforma Não Me Perturbe completa 8,12 milhões de números de telefone cadastrados para não receber chamadas de telemarketing, empresas de telecom e bancos. # Simone Lanza realizará avant première do lançamento das novas marcas das três companhias, dia 1º de junho. # Iniciativa 1 Mio Oportunidades conta com 2026 vagas para jovens ingressarem no mercado de trabalho.

Esplanadeira é a seção da Coluna para divulgação de informações de mercado, artes, ação social, esportes e afins, sem qualquer vinculação publicitária ou financeira com este espaço. Sugestões para reportagem@colunaesplanada.com.br


Brasília, segunda-feira, 31 de maio de 2021 - nº 3101

Leandro Mazzini, com Walmor Parente (Brasília/DF), Beth Paiva (RJ) e Henrique Barbosa (PE) - ©® 2011 – 2021. Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados

MATÉRIAS RELACIONADAS

Cabral sofre mais uma derrota na Justiça

Governador constrói palanque para Bolsonaro no Rio

Mapa do voto de Bolsonaro para 2022

Cópia impressa do voto sai?

$olidariedade em alta