Resistência à privatização dos Correios

A Secretaria Especial do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) envia nos próximos dias ao Congresso Nacional o projeto de lei de privatização dos Correios. O governo espera que a proposta que permitirá a exploração dos serviços postais pela iniciativa privada seja aprovada no segundo semestre de 2021. Representantes dos funcionários da estatal refutam as justificativas da equipe econômica para privatizá-la e anunciam que vão resistir. À Coluna, o vice-presidente da Associação dos Profissionais dos Correios (ADCAP), Marcos Silva, contesta a “alegação” de que a estatal está quebrada: “Está dando R$ 1 bilhão de lucro em meio a uma pandemia”.

Do Planalto

Do lado do Governo, a expectativa é economia nos cofres.  São mais de 100 mil funcionários na folha de pagamento, e gastos milionários com aviões cargueiros fretados.

Amarelinho

No mercado, bastidores indicam que a companhia argentina Mercado Livre - que já comprou até frota de avião - vai comprar a estatal brasileira. De olho na alta do e-commerce da companhia, e na excelente logística dos Correios.

Oi e Tchau

Não foi à toa o primeiro telefonema, há dias, do presidente Jair Bolsonaro para o colega argentino Alberto Fernández. O Ministério da Economia e o Itamaraty atuaram para aparar arestas políticas-ideológicas na iminência do que pode ser a maior transação empresarial entre os países.

 

 

Toma lá, dá cá

Com 130 deputados na Câmara, a oposição não tem, por ora, candidato para a disputa ao comando da Casa. Líderes de esquerda vinculam o apoio à candidatura que lhes garanta cadeiras na Mesa Diretora, como secretaria-geral ou vice-presidência.

 

PT 

O Diretório Nacional do PT se reúne hoje para definir a posição do partido nas eleições da Câmara e do Senado, em fevereiro. A bancada do partido na Câmara já se posicionou contra a possibilidade de reeleição.

 

Falhas

Relatório do TCU sobre o enfrentamento da Covid-19, entregue ao Congresso, aponta várias falhas do Governo Federal, como ausência de diretrizes estratégicas, erros na distribuição do auxílio emergencial, falta de transparência e piora do perfil da dívida pública.

 

Vacina

Técnicos da Anvisa encerraram a inspeção presencial na China, na empresa Sinovac, fabricante dos insumos utilizados pelo Instituto Butantan na produção da vacina CoronaVac.

Certificação

A equipe deve emitir certificação de boas práticas de fabricação entre a última semana de dezembro e a primeira semana de janeiro. A partir de hoje, a Anvisa inicia inspeção na Wuxi Biologics Co. (produtora dos insumos utilizados pela Fiocruz Bio-Manguinhos na produção da vacina da AstraZeneca).

 

Mega-assaltos

Projeto (PL 5365/20) do deputado Ubiratan Sanderson (PL-RS) pretende tipificar como crime hediondo mega-assaltos a bancos, como os ocorridos em Criciúma (SC), Araraquara (SP) e Cametá (PA). A proposta partiu da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef).

 

ESPLANADEIRA

# LafargeHolcim transforma resíduos em combustível para reduzir emissões de CO2 até 2030. # DFL, em parceria com Colgate Professional Brasil, doa kits de cuidados odontológicos para crianças e adolescentes da Fundação Amélia Dias. # Seminário Online para Empresas Familiares, do escritório Andrade Silva Advogados, acontece nos dias 9 e 10, às 19h. # Educadora Sueli Conte lança livro “Educando para a Vida no Pós-Pandemia”, pela editora Novo Século.

A seção Esplanadeira divulga informações de cultura, esporte, mercado, ações sociais e outras, sem qualquer contrapartida de anúncios ou financeira. Envio de sugestões para reportagem@colunaesplanada.com.br


Brasília, segunda-feira, 07 de dezembro de 2020. Nº 2.976

Walmor Parente (interino), com Beth Paiva, Henrique Barbosa e Carolina Freitas e supervisão do editor Leandro Mazzini

©® 2011 - 2020 Coluna Esplanada - Todos os direitos reservados

reportagem@colunaesplanada.com.br - Whatsapp/celular (61) 99855-3339

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar