NotíciasTromboneClassificadosTurismoLeitor RepórterContato

O que está procurando?   

Porto Seguro começa 2012 registrando mais homicídios


Porto Seguro começa o ano como terminou 2011, registrando números altos de homicídios. Mal iniciou 2012 e Porto Seguro já faz jus a posição de quinta cidade mais violenta do país, segundo dados do Mapa da Violência 2012, que foi divulgado a menos de um mês atrás, pelo Instituto Sangari.
E não é para menos, nesses primeiros 10 dias de janeiro já foram registrados várias mortes, fruto da violência na cidade. O primeiro homicídio do ano aconteceu na rua principal do bairro Vila Vitória, um dos mais violentos de Porto Seguro, na noite do dia 3 de janeiro. Um homem com aproximadamente 60 anos de idade foi vitima de disparos de arma de fogo.
No sábado, 7 de janeiro, três pessoas foram mortas em uma ação da Polícia Militar de Porto Seguro. Os três eram suspeitos de assalto. Eles foram interceptados na Orla Norte da cidade dentro de um táxi e saíram atirando. Os três foram mortos durante o confronto. É importante lembrar que mortes durante confronto com a polícia não são registradas como estatísticas de homicídios.
Nesta ação, a PM apreendeu dois revólveres calibre 38, uma espingarda calibre 12, duas toucas ninja, uma luva preta, munições das armas, uma chave mixa e duas chaves de veículo. Um dos mortos foi identificado como José Roberto Bernardes da Silva, 35 anos, natural de Cândido Sales (BA). A quadrilha estava sendo procurada sob a acusação de ter tomado um Fiat Pálio de assalto em Itapebi. O veículo foi recuperado na manhã de sábado em Porto Seguro.
No dia 7 também, foi encontrado no rio Buranhém, o corpo de Vitor dos Santos Silva, 28, natural de Eunapolis. Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros conseguiu resgatar o corpo que foi localizado por populares. Só após a necropsia, a polícia saberá se Vitor foi vitima de afogamento ou se alguém teria lhe assassinado e jogado no rio. Um dia antes um homem também foi encontrado morto, só que na praia das Pitangueiras. Ele foi identificado como Wilson Batista dos Santos, 32 anos, natural de Pau Brasil. Ele seria dependente químico e estava em tratamento.
No dia 8/7, mais uma morte. Desta vez, um homem foi baleado em Trancoso e morreu após dá entrada no Hospital de Porto Seguro “Deputado Luis Eduardo Magalhães” em Porto Seguro. Esse sim entra para a contagem negativa sobre a violência no município. Além disso, em Trancoso também, seis adolescentes foram detidos por policiais do CETO do 8º Batalhão de Porto Seguro e foram conduzidos para delegacia de Porto Seguro.
Os adolescentes são acusados de estarem realizando vários assaltos e tráfico de drogas no distrito e adjacências, aterrorizando moradores e comerciantes. A polícia conseguiu recuperar vários produtos de assaltos realizados pelos jovens. Entre os objetos recuperados a polícia encontrou uma pistola, uma pequena quantidade de drogas, vários celulares, Playstations, um rádio, câmeras fotográficas e uma motocicleta.
Porto Seguro aparece na 2ª colocação do ranking estadual e a 5ª nacional. A cidade do extremo sul baiano tem 123 mil residentes e uma taxa média de 108,3. Nos últimos três anos foram registrados 402 homicídios na região da Costa do Descobrimento. Logo em seguida aparece Itabuna, no sul baiano, que ocupa a 8ª posição nacional, com 208.456 habitantes e taxa média de 103,9. Nos últimos três anos, o município registrou 650 mortes violentas. O Estado da Bahia subiu da 23ª posição (em 2000) para a sétima colocação em número de homicídios. "Foi possível observar que, a partir de finais da década de 90 as grandes metrópoles do país deixaram de ser os motores impulsores da violência. Esse dinamismo trasladou-se para cidades do interior, capitais fora do eixo grandes metrópoles, cidades de porte médio para baixo onde a violência achou seu caldo de cultura favorável", retirado do relatório.


Comentários:

Eduardo Lima   18/01/2012
Infelizmente o que é descrito é uma realidade, o que na verdade tem que sêr combatido com urgência toda esta situação. Porto Seguro tem como fonte de rendimento a indústria do turismo e tem necessidade de se tornar uma cidade mais segura e mais próspera.No meu entender a polícia está fazendo bom trabalho, apenas será necessário lhes dar mais meios para realizar a tarefa bastante dura que tem que realizar.
Jorge   28/02/2012
Infelizmente não vou passar as minhas férias em maio em Porto Seguro. Estou com 6 mil reais para curtir com minha esposa mas vou para outro lugar lugar. Nem existe mais chance de eu ir numa cidade dessas. Só morte.
Vai perder milhares de turistas. Agora vou pra Natal/RN

Célia   28/02/2012
"Jorge, a violência de Porto Seguro é mais voltada para as drogas, mas os turistas não são tão atingidos. Não deixe de ir pra lá por isso. Natal tem mais violência que em Porto; estou falando porque que vivi anos lá.
Aproveite suas ferias na Bahia, que apesar dos problemas é uma terra abençoada! Boa sorte."

Cristina   02/04/2012
"Porto Seguro tem uma beleza exuberante, mas infelizmente no momento está longe de ser uma cidade segura, optei em passar a semana do carnaval nesta cidade e me arrependi amargamente. Fui assaltada no primeiro dia que fui a praia, isso aconteceu às 11h00 da manhã na praia de Mundaí. O trauma e o prejuízo tomou o lugar da minha tão sonhada férias."
Luiz Antonio   24/05/2012
"Aí Jorjão? Demorou muito para juntar os 6 mil contos ? Não é muito mas dá para conhecer Bonito no Mato Grosso do Sul. É bem tranquilo, índice de criminalidade zero. Só não tem uma coisinha...aquele marzão de Porto Seguro. Quantas vezes você foi prejudicado lá ? Pára com isso!"
Ronaldo José Andrade de Souza   11/06/2012
"O governo baiano não faz concurso público para aumentar o efetivo das policias civil e militar. O efetivo baiano é muito pouco. Em Minas Gerais há concurso todo ano. Ás vezes 2 por ano."

Nanda   23/12/2012
Conheci Porto Seguro e me apaixonei pela beleza. Planejei morar lá, porém, depois de ver que a criminalidade é maior que a de Vitória da Conquista, que tem 320.000 habitantes, tô fora.
Vinicius   30/01/2013
"Infelizmente a violência é geral, não só em Porto Seguro. Eu particularmente acho Porto Seguro tranquilo. Nunca vi nada demais, só ouço falar no máximo em mortes oriundas do tráfico de drogas, o que tem em qualquer cidade. Nem adianta ficar alarmando, a questão é tentar combater com muitos policiais nas ruas."

Nome:
Cidade:
E-mail:






















Copyright (C) 2005-2010 - Jornal do Sol - Todos os direitos reservados.



Desenvolvido por AMPLA